Feeds:
Entradas
Comentarios

Archive for 26 enero 2009

Escrito por un admirador solidario y posteado en el blog de la modelo brasileña, al otro día de que la bella joven de 20 años se fuera a engalanar con su belleza el camino que hay del otro lado de la cerca. Lo reproduzco con todo el respeto que la ocasión requiere y ruego por que su familia encuentre pronta resignación. Ella está ya en un lugar mejor, y nos sonríe desde allá.

A natureza te fez bela,
Para muitos a mais bela
Das mulheres deste Mundo.
Certamente foste tão amada,
De bebê muito paparicada,
Por mãe, pai, tantos corujas.
Tua beleza desde cedo festejada,
Permanentemente apreciada
E a cada dia destacada.
Onde estavas irradiavas
Uma beleza carismática,
Algo de vida tão singelo.
Criança, jovem, mulher,
Candidata a mais bela
Quase, quase miss mundo.

A juventude espalhada no teu rosto,
O teu sorriso tão cativante,
Tua expressão bela e serena,
Realçava uma história que vivias
De sucesso e de tanta emoção,
De vitórias e de boa ambição.
Aí vem o destino com um golpe
E priva o mundo da tua vivência
Numa triste madrugada de janeiro.
Um terrível golpe desferido
Contra o mundo, sem qualquer sentido,
Que os reles mortais compreendessem.
Tão cedo foste, cedo nos deixaste,
Agora é tarde, mas aproveitaste
Cada momento de uma vida sã.

Dizem que é sábia a natureza,
Que Deus tem por lá os seus desígnios
Para que o homem tenha melhor vida.
Assim sendo, mesmo sem compreender
O que não teria nenhuma razão,
Só resta mesmo agora assimilar.
Será que era mesmo prá sobreviver
Com tantas dores, com tanto sofrer
Que o novo dia te anunciava?
Tivesse vivido, seria cuidada
Com tanto carinho que já se notava
A partir do noivo que tanto esperava.
Vai para o infinito, sê abençoada,
Numa vida nova que te está reservada
Na força e mistério desse firmamento.

Walter Medeiros

Jornalista e Poeta – Natal/RN

 

 

Anuncios

Read Full Post »